Inverno

Havia mais palavras na tristeza ou mesmo uma necessidade maior de mascarar o presente com ilusões. Aqueles ares, embora não tão fisicamente frio, cortava muito mais. Não fazia tanto tempo, mas agora tudo parecia parte de um passado distante…

Anúncios

feel

feel, fear… tão sonoramente próximas, tão presentes na realidade.

tem como separar?

Significado

Lorraine: Criativo(a), amável e expressivo(a), você é uma pessoa cheia de charme e com uma dose incrível de curiosidade. Tem a maior dificuldade de se concentrar no que está fazendo e não consegue guardar suas idéias só para você: precisa compartilhar tudo com os outros. Festas? Você adora, e está sempre de bom astral. O único perigo é exagerar a dose e se tornar nervoso(a) e inquieto(a). Mesmo porque você adora “enfeitar” a realidade.

standby

Nem completamente ligado, nem completamente desligado: modo ‘espera’. Aparentemente desligado, mas com consumo de 15% de energia sem fazer NADA! Absolutamente nada! Sem gerar calor, sem imagens, sem sons, sem nada… apenas esperando a boa vontade de um click. O tempo?

Indeterminado.

Leia

minha mente nesse momento. É tudo que eu peço, imploro, desejo… já nem sei mais qual a palavra certa. Não entenda aquilo que os olhos veem, é muito mais que isso. Mais que esses anos, mais que experiências, mais do que supõe-se.

Meu bem, meu bem… Eu sei como a situação está. Sei quem você é. Ah… Você é bonita, de verdade. É triste, encantadoramente triste. Você espalha pétalas por aí por não suportar os olhares baixos, por não suportar mais do que tem. Ah, mulher. Você tenta abrir o mundo, tenta colar papéis rasgados e cristais despedaçados. Por que deixa os porquês a dominarem? Sei que não é apenas mera curiosidade, é urgência por salvação, é apelo por doação. Você gosta das pessoas mesmo, não é? Meu bem, você abrigaria seu pior inimigo. Não tem medo? Tem, tem sim, mas a delicadeza ultrapassa. Eu sei o que você quer. Serei quente pra você. Aprendi a sussurrar devagar ao pé do seu ouvido, aprendi a apertar em sua cintura com a força polida que você tanto fala. Menina, mulher, doce, seja lá o que for, eu aprendi a respeitar sua condição desolada. Agora eu consigo encarar seu rosto e não me incomodar com os traços abatidos. Serei engraçado por você, pois, apesar de ser bonita naturalmente, o é ainda mais quando sorri. (por http://zaluzejos.tumblr.com)