reclamações

Seguindo minha tendência natural de fazer observações e reclamações mentais, fui fazendo aquele trajeto de duas quadras. Fui atravessar a rua e uma cena interrompeu algum pensamento (não muito positivo, diga-se de passagem) que passava na minha cabeça naquele momento: um senhor, nem idoso, nem muito jovem, camiseta vermelha, calças pretas, óculos escuros e uma bengala esperava do outro lado da rua. O sinal para ele estava aberto e ele continuava ali, esperando e batendo na calçada levemente com sua bengala. Atravessei aquele lado da avenida e continuei observando o policial que havia chegado à cena. Ofereceu o braço para o senhor e ambos atravessaram a rua. Foi o suficiente para que todas as reclamações mentais cessassem.

Pelo menos momentaneamente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s