Desenterrando

Foi tão inesperado que acabei me propondo a tentar. Diria até que toda a confusão gerada me deu mais fôlego para prosseguir, ver o que eu encontraria adiante. Ainda que o receio estivesse comigo, arrisquei. Não que eu tivesse feito a coisa certa, tampouco a errada, a questão é que eu pelo menos quis acreditar que saí do lugar…

Mesmo sabendo que na verdade, continuo na mesma.

 

 

(rascunhos de 2011).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s